depressão

5 sintomas mais comuns da depressão

A depressão é uma doença psíquica que provoca tristeza forte e que, em muitos casos, pode alterar completamente a vida do indivíduo.

Existem graus de intensidade dessa doença e, em níveis muito elevados, a pessoa que está com depressão pode ter pensamentos suicidas.

Apesar de ser um problema grave, há tratamentos que ajudam a converter a situação, devolvendo a paz e o bem-estar ao paciente. Mas, para isso, é fundamental buscar a ajuda de especialistas que possam tratar a patologia e fazer o acompanhamento da evolução do paciente.

No entanto, para procurar ajuda especializada, é preciso identificar a doença por meio dos sinais e sintomas que ela manifesta. Para te ajudar a identificar a doença, abaixo, vamos mostrar quais são os sintomas mais comuns de pessoas depressivas.

Acompanhe!

Principais sintomas da depressão

Muitas pessoas acreditam que a tristeza é a principal característica depressiva, contudo, há outros sinais que surgem, quando uma pessoa apresenta o quadro, tais como:

Problemas digestivos

A depressão causa a redução na produção de neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer, como é o caso da serotonina e noradrenalina. Esses mediadores também modulam a dor no organismo e, quando em nível reduzido, o paciente fica mais fragilizado e sensível à dor.

Por isso, é comum que portadores apresentem dores gastrointestinais, síndrome do intestino irritável, além de tensão muscular.

Distúrbio do sono

Um dos sintomas mais comuns é a perturbação do sono. O distúrbio do sono, em pessoas com depressão, pode se manifestar pelo excesso de sono ou pela dificuldade em dormir.

Em ambos os casos, ocorre a má qualidade de vida, fazendo com que o indivíduo não se sinta bem ou capacitado para executar suas tarefas do dia a dia.

Fadiga e cansaço

A falta dos neurotransmissores mencionados gera prostração e, consequentemente, fraqueza, cansaço e desânimo. Isso faz com que o corpo fique sobrecarregado, ocasionando a fadiga. 

Alteração do apetite

O transtorno alimentar é outra manifestação da depressão. Neste caso, pode ocorrer o excesso de vontade de comer, ou perda grave do apetite. Assim, o peso também se modifica, culminando em ganho ou perda excessiva de peso.

Ansiedade

Em boa parte dos casos, a depressão e a ansiedade acabam se interligando. Ou seja, muitas pessoas que estão com depressão também apresentam sintomas de ansiedade como dor no peito e batimentos cardíacos acelerados.

A depressão deve ser levada a sério, pois é uma patologia que pode levar à morte. Por isso, ao perceber qualquer sinal, procure a ajuda de um médico especialista, pois, quanto mais cedo for tratada, maior a chance de cura.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Foz do Iguaçu!

 

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe