desatenção

5 dicas para lidar com a desatenção

A desatenção pode se tornar um problema quando o indivíduo passa a ter dificuldades em se concentrar nas tarefas diárias, sejam os estudos ou o trabalho.

A falta de atenção é uma situação que pode ocorrer em qualquer momento da vida, no entanto, quando o sintoma é corriqueiro, isso é um sinal de desordem da saúde, sendo necessário a busca de um especialista para verificar o estado mental e psíquico do indivíduo.

Para te ajudar a superar o sintoma de desatenção, abaixo, iremos ensinar algumas dicas importantes para que você seja mais eficiente na realização das tarefas do dia a dia. Confira!

O que é desatenção?

Trata-se da capacidade limitada em ficar atento às tarefas que devem ser feitas por determinado tempo. Ou seja, é quando o indivíduo não consegue ficar concentrado em suas obrigações, tendo dificuldade em realizar ou compreender o que deve ser feito.

A falta de atenção pode estar associada com o Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, no entanto, também pode estar relacionada com outras doenças. Para ser diagnosticada, é importante observar a frequência e a duração desse sintoma.

De qualquer maneira, existem formas de amenizar essa situação, tais como:

1# Quebrar as tarefas em pequenas partes

Uma ótima maneira de conseguir completar seus afazeres é realizá-los por partes. Assim, você torna suas obrigações mais compatíveis com o tempo que consegue permanecer atento.

Sendo assim, quando uma tarefa exigir mais tempo de sua atenção, separe por etapas, fazendo-a aos poucos. Isso vai ajudar você a se concentrar em subtarefas, evitando que sua mente vague muito durante a execução de uma tarefa grande.

2# Evitar distrações

Todo mundo tem algo que distrai, seja o celular, a música ou a TV. Por isso, quando for preciso a dedicação em algo sério, ou que deva ser finalizado em tempo determinado, fique longe de qualquer objeto que possa tirar sua atenção.

Dessa forma, ao realizar algum trabalho, desligue o celular, fique longe da televisão e evite outros fatores que tirem sua mente daquilo que é importante no momento.

3# Manter contato visual

Estabelecer contato visual com aquilo que você deve fazer ajudará a sustentar sua atenção. Você deve manter a visão na tarefa sempre que possível, oferecendo também um retorno sensorial e auditivo, tocando no objeto e reforçando gestos positivos.

4# Fazer uso de estímulos

Existem algumas técnicas que ajudam a estimular o desenvolvimento e, consequentemente, a criar mais atenção e motivação ao fazer as tarefas do cotidiano. Você pode usar alguns estímulos que auxiliem na memorização, como:

  • fazer listas;
  • rimas;
  • músicas;
  • lembretes e avisos no espelho;
  • utilizar uma agenda.

5# Fazer intervalos entre as obrigações

Você deve dedicar alguns intervalos entre as tarefas, como um tipo de recompensa pelo esforço. Ou seja, sempre que concluir uma etapa, faça algo que lhe agrade, mas não exagere no intervalo. Lembre-se que é importante dar uma pausa, mas deve ser por um curto espaço de tempo. Com isso, você terá o aumento da atenção, incentivando a sua produtividade.

A desatenção pode trazer sérias consequências, quando não tratada. Por isso, seguindo essas dicas acima será mais fácil contornar o problema, ser mais produtivo e, consequentemente, ter mais tempo livre para fazer as coisas que você gosta. Mas, caso você perceba que a desatenção é grave, não hesite em buscar a ajuda de um psiquiatra.


Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como
psiquiatra em Foz do Iguaçu!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe